quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Faça alguém feliz

Olá!  No dia 14/12 foi o encerramento de um dos projetos com  crianças no qual sou voluntária, no dia 19 de agosto até fiz um post sobre (A felicidade é um bem que se multiplica ao ser dividido).

Hoje quero registrar aqui a satisfação de ser um voluntário e fazer o bem para alguém e, além disso, convidar todos para essa incrível experiência.
Ser voluntário é ser solidário é dedicar parte do seu tempo, espontaneamente e sem remuneração, a uma atividade que possa ajudar alguém, seja no trabalho, na vida familiar, na vida social.  Também é uma contribuição individual é essencial para mudar uma realidade e estarem dispostos a oferecer conhecimento, experiência e tempo a uma causa que irá beneficiar a comunidade onde se vive.
Pense nisso, aproveite o novo ano para se envolver, 2011 esta ai para isso, ou aproveite o final de ano para fazer alguém mais feliz, tenho certeza que na agência dos Correios tem várias cartinhas a espera de um dono. Esse pode ser um bom começo.

A FELICIDADE É UM BEM QUE SE MULTIPLICA AO SER DIVIDIDO.
By Eduarda Moura Melo


sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Eco fashion!

Já faz um tempinho que eu falei sobre roupas  feitas de garrafa PET aqui, foi um Post. do dia 11 de Abril  “Vista essa idéia”, no qual eu comentei  uma iniciativa da Nike em fazer as camisetas da seleção brasileira de futebol e de outras seleções  com  poliéster reciclado, a partir de garrafas PET.

Bom! Agora tenho outra novidade, outras empresas também são exemplos de novas tendências e uma delas é a Fujiro Econcept, que para quem não conhece é uma empresa de Blumenau que cria  modelos super legais e  modernos de  camisetas, ecobags  e cases com design e estampas bem descoladas  feitas com malhas produzidas através da reciclagem de garrafas PET.

De acordo com o  site oficial da empresa já foram retiradas do ambiente mais de 2 milhões de garrafas PET. Olha que bacana, além de ficar na moda, ainda vai contribuir com o meio ambiente.


Vale apena conferir entre no site de vendas e vista essa idéia mais uma vez. os preços variam de  R$ 39,00 a R$ 100,00.

Eu já estou "de olho" na minha.


By Eduarda Moura Melo

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Moda sustentável II

Mais uma novidade sustentável aliada a moda e design, a Groove criou um estojo feito de bambu para aqueles que já realizaram o sonho de possuir um iPhone 4 e agora o querem proteger de qualquer arranhão, poeira ou simplesmente decorá-lo.
A arte, além de original, pode ser totalmente exclusiva. É o consumidor quem acessa o site, escolhe a cor da moldura, escolhe o desenho e espera receber via correio. São três tipos de bambu e sete de molduras e o desenho pode ser enviado pelo consumidor.
A vantagem de usar o bambu é que essa é uma planta que cresce muito rápido, é rapidamente renovável e ainda diminui o uso de madeira. Além disso, os bambus possuem certificado FSC e, de acordo com a Groove, ao comprar o produto, o consumidor toma uma posição contra a exploração do trabalho no terceiro mundo.
Para você que já possui um iPhone 4  entre no site oficial e peça o seu, é bem legal e os preços variam entre R$ 50,00 e R$ 150,00.
By Eduarda Moura Melo

sábado, 4 de dezembro de 2010

Moda sustentável

Christian Louboutin, que para quem não conhece, é um dos maiores designers de sapatos do momento. O francês é um dos nomes atuais que dita a moda nos pés das celebridades de Hollywood. É o responsável pelos famosos solados vermelhos.

Bom! Vamos ao ponto, no dia 25 de novembro, foi o lançamento mundial da nova coleção de verão 2011.  E a grande novidade foram os sapatos Eco Trash, que são feitos através de uma mistura  de cortiça, PVC e juta, materiais recicláveis e biodegradáveis. O objeto de desejo de diversas mulheres foi produzido artesanalmente na Itália pelo sapateiro Christian Louboutin e consegue conectar luxo, beleza e sustentabilidade.

Eu sempre ressalto aqui que hoje os consumidores estão cada vez mais conscientes e exigem mais dos fabricantes, nesse caso a adesão da consciência ecológica por celebridades e grifes vai além dos benefícios diretos no meio ambiente. Ela também incentiva consumidores e inspira admiradores a fabricar peças que não agridam a natureza e/ou que reutilizem as disponíveis no planeta, comumente consideradas lixo.

Quem tiver interesse em conhecer segue o link do site da marca, o site é bem legal e muito criativo.


 http://www.christianlouboutin.com

By Eduarda Moura Melo

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

"Natal de Santo André terá 150 mil garrafas pets"



Entrei hoje no Blog SOS  Rios do Brasil e achei muito interessante um post sobre o natal, então resolvi divulgar aqui também. Tudo que é bom, legal, bacana devemos passar para frente =)
Na cidade de santo André as ruas estão sendo enfeitadas para o natal com garrafas pet. De acordo com o post para decorar 27 ruas andreenses com quase 600 enfeites de Natal feitos com material reciclável, a Lâmpadas & Cia, responsável pelo projeto Magia de Natal Ecopet, precisa de 150.000 garrafas PET.  Além das garrafas serão utilizados CDs velhos, tampinhas de canetas, lonas e latinhas de alumínio serão utilizadas para confeccionar os enfeites.
Quem tiver interesse em mais detalhes entre no blog SOS  Rios do Brasil  e confira o post na integra.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Não carregue esse hábito - Boa noticia

Em 28 de Abril eu falei aqui no blog sobre as “benditas” sacolinhas plástica - Não carregue esse hábito
Agora tenho uma boa noticia, a Associação Brasileira de Supermercados (Abras) anunciou  no dia 25/11 a meta de reduzir em 40% o uso de sacolas plásticas até 2015. A iniciativa faz parte do Plano Abras de Ação para Produção e Consumo Sustentáveis (PPCS) e espera reduzir em 30% a utilização dos sacos até 2013.
Para atingir o objetivo, a Abras, em parceria com organizações não governamentais, pretende criar o Manual de Ações de Boas Práticas para conscientizar funcionários e consumidores dos benefícios da redução e para alcançar a totalidade das empresas do setor supermercadista.
Além do tema sacolas, o Plano de Ação da Abras pretende incentivar a reciclagem de resíduos sólidos, utilizar equipamentos para a redução do uso dos gases que causam o efeito estufa (HCFC) e criar um "Manual da Loja Verde".
 “Vamos fazer a nossa parte. No entanto, para que isso aconteça, é preciso que o poder público também faça a sua parte”, explicou o presidente  da Abras, Sussumu Honda. Ele propõe a criação de uma lei federal única para disciplinar a utilização das sacolinhas e ações efetivas para aprimorar a coleta seletiva e a reciclagem.



                                                        Fonte: www.abrasnet.com.br

Até que enfim!!!! Já era hora. 




By Eduarda Moura Melo

domingo, 21 de novembro de 2010

Dia da Consciência Negra

Dia 20 de Novembro dia da consciência Negra. Dia dedicado à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira. Não sei se sou a favor desse dia ou contra, pois é triste  saber que é necessário um dia especial, uma semana dedicada para essa reflexão.
Não poderia existir ainda essa diferença de brancos e negros, até mesmo porque vivemos em um país que não existem brancos e negros e sim uma mistura de todas as etnias.  
É triste saber que ainda existe o preconceito, ou seja, um juízo preconcebido e manifestado na forma de uma atitude discriminatória.  Eu tenho a pele branca o que eu tenho de melhor que uma pessoa de pele negra??!!! Até mesmo que eu tenho apenas a “casca” branca.

Pense nisso.

By Eduarda Moura Melo

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Carro sustentável

Na 19ª Exposição Internacional de Tecnologia da Mobilidade, sediada em 2010 em São Paulo teve como um dos grandes destaques i um carro elétrico totalmente sustentável produzido no país, segundo a Agência Brasil.
O automóvel construído com plásticos recicláveis é leve e tem o peso menor do que o de um veículo normal. As rodas foram feitas de um plástico industrial e são mais leve que o alumínio. Já o carpete foi feito de garrafa PET reciclada. Além disso, eles são reforçados com fibras naturais, deixando-os mais resistente.
Vale lembrar que em 1994, a exposição foi palco da primeira aparição do carro com tecnologia biocombustível lançado comercialmente em 2003 e que hoje é realidade nas ruas. 
De acordo com o presidente da sociedade de Engenheiros da Mobilidade do Brasil, Besaliel Botelho, partes do carro sustentável devem estar  em uso nos próximos anos. No entanto, ainda será necessário esperar mais tempo para que os carros elétricos passem a ser maioria.

Vamos esperar e torcer. 




By Eduarda Moura Melo

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

"Projeto Por Um Mundo Melhor"

Em 2011 acontecerá no Brasil o Rock in Rio no Rio de Janeiro nos dias 23, 24, 25 e 30 de setembro, 1º e 2 de outubro. O festival conhecido mundialmente idealizado pelo empresário brasileiro Roberto Medina e realizado pela primeira vez em 1985, reúne diversas bandas do Brasil e do mundo irá abordar, novamente, o Projeto Por Um Mundo Melhor que, neste ano, destinará 5% da receita obtida com a venda dos ingressos à promoção de projetos socioambientais. Desde o lançamento desse  projeto, em 2001, já foi possível investir mais de 11 milhões de reais em iniciativas como a construção de salas de aula e equipamentos para instituições que ajudam crianças e adolescentes. De acordo com a organização, em 2008 e 2010, o festival instalou 760 painéis solares em 40 escolas portuguesas que ganharam o concurso "Rock in Rio escola solar", que incentivou os jovens a desenvolver projetos nas suas comunidades para a conscientização do combate às alterações climáticas. Na edição que acontecerá no Brasil, a organização tem como proposta plantar árvores para compensar a emissão de gás carbônico com a sua produção, realizar diversos jogos interativos que abordarão o assunto sustentabilidade de forma lúdica. Desse modo, haverá brincadeiras com o público como pular em tapetes de dança ou andar em bicicletas que geram energia através do movimento e jogos de perguntas e respostas, onde o ganhador receberá presentes como camisetas e bonés do Rock in Rio.
Essa é apenas uma previa da programação do evento. Será confirmada agora em novembro toda a programação. Vamos aguardar e torcer para ser bem legal.



By Eduarda Moura Melo

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Escova de dente com cabo reciclado

Mais uma empresa na corrida por lançamentos de produtos sustentáveis.

A REACH® ECO da Johnson & Johnson lançou no mercado uma escova com cabo reclicado.
O motivo do nome da escova (REACH® ECO) é : ECOnômica (pode chegar ao consumidor por R$1,49) e, ECOlogicamente responsável, pois, de acordo com a empresa, enquanto as escovas de dentes convencionais têm o cabo feito com 100% de polipropileno virgem, o da REACH® ECO é produzido com 40% de polipropileno e polietileno reciclados pré-consumo. Isso significa que, ao invés da Johnson & Johnson do Brasil descartar sobras de polipropileno e polietileno provenientes de outros processos industriais, os reutiliza para a fabricação dos cabos da escova de dente REACH®ECO. Esses resíduos são comprovadamente atóxicos, totalmente seguros e adequados para o uso em itens de higiene oral.
Mais uma atitude sustentável, que inclusive atende o Social (escovas de qualidade, mais baratas), o Econômico e principalmente o Ecológico.
Além disso, esta rolando um concurso bem legal, “Atitude ECO”. É só fazer um vídeo mostrando a sua atitude sustentável e enviar. Segue o link do vídeo do concurso e aproveite e entre no site REACH® ECO, tem algumas dicas de sustentabilidade bem interessantes.

Concurso atitude ECO - http://www.youtube.com/jnjbrasil?gclid=CPKPwKni3aQCFZNg2god92dbKg

Site ECO - http://www.jnjbrasil.com.br/reach/

Esse post foi uma dica do Renãn Serighelli que acompanha o Blog. Grata!!! Pelas contribuições.

E vamos que vamos...


By Eduarda Moura Melo

domingo, 17 de outubro de 2010

Relatório planeta vivo 2010

De acordo com o relatório planeta vivo 2010, que foi divulgado no dia 13 de outubro, pela WWF, os seres humanos estão consumindo 50% a mais de recursos naturais do que a Terra é capaz de fornecer. Sendo que, a biodiversidade do planeta já diminuiu 30% nos últimos 40 anos. Além disso, foi constatado que a fauna e flora tropicais são as mais ameaçadas e estão em queda livre.
Os 31 países da OCDE (Organização para a Cooperação Econômica Europeia), que incluem as economias mais ricas do mundo, é um dos maiores ofensores, a grande preocupação agora são os BRIC, pois se seguirem um modelo de desenvolvimento semelhante ao dos países desenvolvidos, o que, segundo especialistas, deverá acontecer, esse cenário vai ser bastante agravado. Já que, as causas do fenômeno são atribuídas a fatores como consumo desenfreado e aumento da demanda por recursos naturais.
Ainda de acordo com o relatório, se continuarmos vivendo da forma como estamos hoje, daqui a 20 anos será preciso dois planetas para manter a capacidade produtiva e satisfazer a nossa pressão sobre os recursos terrestres.

Quem tiver interesse em mais detalhes pode fazer o download do relatório no link abaixo:

http://www.wwf.org.br/informacoes/questoes_ambientais/?26162/Relatrio-Planeta-Vivo-2010

By Eduarda Moura Melo

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

DESABAFO

Ultimamente ando mais “revoltada” e triste com o Homem. No dia 12/10 fui com um grupo de jovens distribuir sorvete para crianças e uma área totalmente excluída de Uberlândia, cidade onde moro.
Eu fiquei observando, as pessoas do lugar, o comportamento, o lugar como um todo. Sentir-me em outro mundo, na verdade em um verdadeiro inferno. Gente como o homem é egoísta e mesquinho. Preocupa-se apenas com o seu bem estar. Eu fico observando os desperdícios e caprichos das pessoas, e me vem ao mesmo tempo à imagem de crianças desnutridas com olhar faminto aguardando a entrega de um cachorro quente no dia das crianças.
E só de pensar que para quem tem uma boa posição social, falar de comida é coisa sem importância. É compreensível: eles já comeram.
Fui comentar isso com algumas pessoas e ainda tive que ouvir "não é problema meu, o Governo, o fulano o beltrano que não faz nada". Gente!!!!!!!!!!!!! É uma falta de responsabilidade esperarmos que alguém faça as coisas por nós. O simples conhecimento da situação nos faz responsáveis. E não podemos esquecer que somos responsáveis por aquilo que fazemos, o que não fazemos e o que impedimos de fazer.
O que custa você sair do seu “mundinho” e ajudar? Não quero dizer que vamos mudar por completo o mundo ou acabar com isso. Mas é o mínimo que podemos fazer. O simples fato de evitar desperdícios já e uma forma de contribuir.
Nesse lugar que eu fui, as crianças, as pessoas às vezes são tratas como “bichos”. Fecho os olhos e tenho a sensação que estive em outro mundo. A cada dia que passa sinto que estamos cada vez mais na beira de um abismo, as pessoas dão mais importância à classe social, a cor, a beleza do que ao caráter. 
Peço desculpas a todas as pessoas que entram aqui para ler o que escrevo, mas tem algumas coisas que nos deixa profundamente abalado.

By Eduarda Moura Melo

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

atitude nota 1.000

Hoje pela manhã entrei no famoso Orkut e descobrir que tenho uma amiga fazendo campanha para arrecadar brinquedos para o dia das crianças para algumas instituições. Parei para pensar, quantas pessoas hoje fazem isso? Hoje a maioria dos jovens só pensam em festinhas, baladas, barzinhos e bebidas....

A curiosidade é demais, entrei no Orkut dela no álbum de fotos, nossa!!!! Tem várias fotos de eventos assim. Fiquei muitooooo feliz em saber que algumas pessoas ainda se dedicam a isso. Se preocupa com o próximo e deseja o bem.

Mais uma atitude sustentável registrada! =)

Priscila parabéns!!!! Linda atitude sua, e exemplo... Conte comigo para o que for necessário.

By Eduarda Moura Melo

domingo, 26 de setembro de 2010

Corrida de Gorilas

De acordo com a organização, aproximadamente mil pessoas em Londres participaram de uma corrida “de gorilas” no sábado 24/09. `Uma corrida, na qual as pessoas vão vestidas de gorilas para defender melhores condições de vida para os animais que vivem na selva africana e que estão em extinção. O dinheiro arrecadado com o evento é destinado à Gorilla Organization, com sede em Londres. Pasme!!!! Essa corrida é anual e acontece desde 2003.


Bom!!! Vou ter que usar aquela velha e famosa frase “Os fins justificam os meios”.

By Eduarda Moura Melo

sábado, 25 de setembro de 2010

1º concurso de idéias projetos economia verde

Foi divulgado essa semana pela Nossa Caixa, o 1º concurso de idéias projetos economia verde. O objetivo do concurso é identificar, reconhecer, estimular e premiar iniciativas e práticas inovadoras que contribuam para o desenvolvimento de tecnologias que reduzam as emissões de gases de efeito estufa de acordo com as metas de redução de emissões definidas pela Política Estadual de Mudanças Climáticas (PEMC).


Esse concurso é destinado para pessoa física e para pequenas e médias empresas.

Quem tiver interesse entre no site http://www.seminarioeconomiaverde.com.br

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Em que mundo vivemos?!

Foi publicado hoje no portal da Globo G1 que o Irã suspende sentença de condenada à morte por apedrejamento e que o caso vai ser revisto, segundo porta-voz da chancelaria iraniana.
Para conhecimento, a iraniana Sakineh Mohammadi Ashtiani, de 43 anos, foi condenada à MORTE POR APEDREJAMENTO. Ela foi presa em 2006, e condenada a 99 chibatadas por adultério, embora o incidente tivesse ocorrido após a morte do seu marido. Tempos depois, a reabertura do processo decidiu por sua execução. De acordo com a lei islâmica, , crimes como assassinato, estupro, tráfico de drogas, assalto à mão armada e adultério são passíveis de serem punidos com o apedrejamento.
Fico aqui pensando será qual é a punição para crimes como assassinato por apedrejamento??!!

Essa situação me faz lembrar do 1º artigo da Declaração Universal dos Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas, que inclusive é um dos principios da sustentabilidade (Social, Econômico e Ambiental)no qual afirma que “Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade.”

Diante dessas “ironias” da vida, eu agradeço todos os dias por ainda ter forças e capacidade de me indignar.

By Eduarda Moura Melo

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Dê uma segunda vida ao seu chiclete

Hoje a maioria das cidades pavimentas tem as suas ruas impregnadas com Chiclete, as famosas e amadas gomas de mascar.


Mas você já parou para pensar no tempo necessário para o chiclete decompor no meio ambiente?

Bom! Para que não sabe a famosa goma de mascar é tradicionalmente produzida a partir do látex de uma árvore denominada chicle, um produto natural, ou a partir de borracha sintética conhecida como poli-isobutileno que utilizada para câmaras de ar.
Essas gomas causa varios problemas quando são descartadas de forma errada. São necessarios 5 anos pra que se decomponha e além disso, esse mal hábito sai caro. Hoje, o custo para retirar um chiclete da rua é três vezes maior do que para produzi-lo. E o pior é que se você jogar o seu chiclete no lixo comum também não será uma boa idéia, pois ele não será reciclado e vai acabar em um lixão ou aterro, aumentando o volume de resíduos e poluindo o meio ambiente.
Diante desse cenário, uma designer londrina Anna Bullus passou a se dedicar para que as pessoas descartem seus chicletes de forma correta. Ela criou um recipiente específico o GUMDROP, cujo slogan é “Dê uma segunda vida ao seu chiclete”. Quem for a Londres já pode encontrar esses recipientes instalados pela cidade.
O material depositado nesse recipiente, que por sinal lembra uma goma de mascar cor de rosa, é encaminhado para a reciclagem que é misturado com resina biodegradável e transformado em novos GUMDROPs, que são instalados em mais pontos da cidade e já estão sendo exportados para outros países.
A noticia ruim é, que essa idéia ainda não chegou no Brasil e a boa noticia é que no Brasil já temos vários projetos para a reciclagem do chiclete.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

"A felicidade é um bem que se multiplica ao ser dividido"

Quero compartilhar uma experiência ótima que tive hoje pela manhã e deixar registrado aqui a minha felicidade.
Eu sou voluntária em um projeto social no qual desenvolvo um trabalho com uma turma de 32 alunos da quinta serie de uma escola municipal da minha cidade. Estou trabalhando com eles o tema sustentabilidade e hoje foi o nosso primeiro encontro. Falamos sobre a importância da água e fizermos uma visita no centro de tratamento de água e esgoto da cidade.
É uma sensação maravilhosa de poder contribuir com a formação e conscientização dessas “criaturinhas” fantásticas. Creio que o mínimo que podemos fazer é contribuir com a formação de pessoas conscientes. Como eu sempre digo, se cada um fizer a sua parte junto chegaremos.

“Não é a consciência do homem que lhe determina o ser, mas, ao contrário, o seu ser social que lhe determina a consciência”.
Karl Marx

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

"Eu levo a Natureza em conta"

A empresa ALGAR Telecom (Companhia de Telecomunicações do Brasil Central) lançou um programa de sustentabilidade ambiental “Eu levo a natureza em conta”. Com o programa, a empresa pretende incorporar práticas de desenvolvimento que não comprometem o futuro do planeta, fazer uso racional dos recursos naturais e adequar os processos internos que afetam o aquecimento global. O objetivo é promover a melhoria contínua da gestão da empresa com total respeito ao meio ambiente e levar conhecimento aos associados sobre a importância da preservação do meio ambiente, a fim de contribuir para uma vida mais saudável e consciente das próximas gerações.


Algumas das campanhas do programa são:

“Quem tem atitude sustentável sempre colhe mais vantagens” – o cliente que solicitar conta via e-mail e débito automático ganha 100 minutos por mês até a data termino da promoção.*

Carona Legal” – A empresa pretende mobilizar os seus talentos a oferecer e pedir carona como ato de respeito ao meio ambiente e de amizade. Tendo como beneficio a redução da emissão de poluentes e a redução dos veículos estacionados nas imediações da empresa, ampliando assim a segurança dos associados.

“Espalhe consciência, converse com as pessoas e incentive a prática de um mundo melhor e mais saudável”.

*Conforme regulamento da promoção

sábado, 14 de agosto de 2010

Vale de tudo

 Famoso estabelecimento em Berlim, o Maison d'Envie adotou uma medida muito original nesse ramo de negócios. O cliente que chegar de bicicleta e estacionar na frente do bordel ganhará ótimos descontos.
De acordo com o dono Thomas Goetz, é muito difícil achar vagas na área da cidade aonde esta localizado o bordel, referindo-se ao bairro Prenziauer Berg, na região leste de Berlim, onde funciona o Maison.
Diante desse cenário, no qual estava perdendo clientes, ele juntou à dificuldade de estacionar com uma medida que pode ajudar na melhoria do meio ambiente, a vizinhança é repleta de bares, restaurantes e casas noturnas.
          Além dessa medida, as funcionárias do local, chegam ao local de metrô para apoiar a medida. A única exigência do local é que os clientes tomem um banho antes, mesmo no outono europeu.
Para conhecimento, cerca de 450 mil prostitutas trabalham na Alemanha – 100 mil delas em Berlim. Todas têm benefícios do governo, porque a prostituição é uma atividade legal no país.
Acredite se quiser, para aproveitar a idéia do Maison, outros estabelecimentos na cidade estão promovendo descontos nos programas para ciclistas.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Atitude inusitada

Vale de Tudo!

Um hotel ecológico na cidade de Copenhague, o Crowne Plaza Copenhagen Towers lançou uma promoção em que os hóspedes podem ganhar um almoço ou jantar em troca de pedaladas.

O Crowne Plaza Copenhagen Towers instalou duas bicicletas ergométricas ligadas a um gerador, que assimila as pedaladas e as transforma em energia elétrica. O hotel convida os hóspedes a pedalar até gerarem 10 horas watts de eletricidade – o que dá mais ou menos 15 minutos de pedaladas em ritmo forte. A refeição de cortesia é um modo de incentivar os hóspedes a reduzirem suas emissões de carbono e poupar dinheiro durante sua estada.

O hotel também conta com o maior parque de paineis solares no norte da Europa, que é integrado ao edifício cobrindo todas as fachadas que ficam expostas ao sol. Com 366 apartamentos, a aposta da gerência é virar exemplo e incentivar outras empresas a seguir o caminho sustentável.

Além de contribuir como o meio ambiente os hóspedes ainda tem a chance de ficar em forma.

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Tome Nota!

A copa do mundo de 2014 aliada a sustentabilidade


Devido a necessidade de preparar a rede hoteleira do pais para o aumento da demanda, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) instituiu o BNDES procopa turismo, no qual é destinado à modernização do parque hoteleiro brasileiro. Porem esse programa oferece condições mais favoráveis aos projetos que levem em conta a preocupação com a eficiência energética e a sustentabilidade ambiental. Sendo, dividido em dois subprogramas: Hotel Sustentável e Eficiência Energética. O primeiro, segundo o banco, é voltado para hotéis que obtenham certificação no Sistema de Gestão da Sustentabilidade para Meios de Hospedagem; o segundo para empreendimentos que obtenham certificação de eficiência energética nível “A” dentro do Programa de Eficiência Energética nas Edificações (Procel Edifica).

Espero que esse incentivo seja bastante proveitoso para todos não brasileiros, considerando que o cliente de hoje em dia e do futuro vai passar a considerar muito aqueles hotéis que tenham a preocupação com a sua performance, que tenham certificação relacionada ao consumo de energia e que sejam ambientalmente responsáveis.

terça-feira, 18 de maio de 2010

Consumidor "Verde"

Governos, empresas e cidadãos, cada dia mais, se conscientizam de que preservar o meio ambiente é uma questão de sobrevivência.
Esta conscientização tem gerado uma mudança radical em todas as esferas da sociedade: seus hábitos, costumes e cultura.
Neste cenário surge um “novo” consumidor, o consumidor verde que representa uma sociedade mais responsável que se preocupa com tudo que se refere ao meio-ambiente e exige produtos e serviços que não agridam a natureza, denominados ecologicamente corretos.
Diante desde cenário as empresas buscam soluções que as tornem ecologicamente corretas.  A Sony é mais um exemplo desta busca.
Ela lançou em sua linha de televisores Bravia, ano passado, um aplicativo de reconhecimento parecido com os encontrados nas mais avançadas câmeras fotográficas. A TV pode "observá-lo" e se desligar quando perceber que você dormiu.
De acordo com notícia publicada na versão online do jornal britânico The Guardian, a Bravia WE5 apresenta sensor de calor e movimento que permite ao sistema desligar a imagem da TV se esta estiver em uma sala vazia, além de um sensor de luz ambiente que adequa a luminosidade do aparelho de acordo com a do local.
Uma porta-voz da empresa disse que esta tecnologia será implantada em outros modelos da linha Bravia 2010. "Se você sair do local para fazer uma xícara de chá, ainda poderá escutar a TV, mas não gastará energia com a exibição da imagem" afirmou, acrescentando que a imagem retorna no momento que a pessoa volta para a sala onde está o aparelho.
Estas inovações fazem parte da estratégia da Sony de reduzir o consumo anual de energia de seus aparelhos em 30% até 2015, em relação a 2008 e 2009.

Você é um consumidor verde?

quarta-feira, 5 de maio de 2010

São as pequenas atitudes que fazem a diferença

Passei um final de semana em Douradoquara , município do estado de Minas Gerais. No sábado fui conhecer a Represa de Emborcação, que por sinal é linda. Vale a pena ir conhecer. Porém, me deparei com um cenário triste e feio também.

Infelizmente algumas pessoas vão usufrui da beleza natural do lugar e deixa latas, garrafas de vidro, pet, plásticos, e etc. nas margens da represa.

Um companheiro de viagem diante desse cenário, começou a recolher toda a sujeira possível .

Algumas pessoas podem até criticar, falando que isso é insignificante em comparação ao todo e que as pessoas vão continuar jogando lixo ( infelizmente!!!!!! ) Mas o importante são as garrafas, práticos, latas que ele recolheu. Se cada um fizer sua parte, mesmo que seja pouco, juntos chegaremos lá.  
                                                 
 Parabéns!!!! Juliano e vamos q vamos!!!!


quinta-feira, 29 de abril de 2010

Centro de Distribuição (CD) Verde

O Grupo Pão de Açúcar inaugurou dia 19 de março seu primeiro Centro de Distribuição (CD) Verde, localizado em Brasília (DF). O CD Verde tem 32,6 mil m² de área construída, 90 docas e 32 mil posições de estocagem e irá substituir as outras três Centrais de Distribuição utilizadas anteriormente pelo Grupo para abastecer 28 lojas das bandeiras Extra, Pão de Açúcar e Assaí localizadas no Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais e Tocantins.
Essa unificação gera ganho de produtividade, redução de custos e eficiência no abastecimento dos super e hipermercados da companhia e além disso, o novo Centro conta com várias soluções sustentáveis. Entre elas uso racional de água e energia elétrica, além da aplicação de pintura Ecológica (as tintas e vernizes usados são a base de água) e uso de madeira reaproveitada. O projeto arquitetônico foi concebido privilegiando ao máximo a ventilação e a iluminação natural.
Entre as inovações para combater o desperdício de água, há um sistema de captação de água de chuva, utilizada na limpeza das áreas externas; vasos sanitários com descarga acoplada e torneiras com arejadores que misturam ar à água; tratamento e reaproveitamento da água utilizada na lavagem das máquinas de movimentação e separação do óleo proveniente desta limpeza antes do descarte; calçamento do terreno do Centro com bloquetes que permitem a infiltração de águas pluviais e promovem a permeabilização do solo; reaproveitamento da água na operação de degelo das câmaras.
Para economizar energia elétrica, o prédio conta com controlador de demanda, telhas translúcidas que permitem iluminação natural e evita o uso de lâmpadas elétricas e desligamento automático de luminárias de acordo com a luminosidade do ambiente. O sistema de captação de energia solar aquece a água utilizada na cozinha. E para evitar desperdícios, as tubulações hidráulicas e elétricas são aparentes, facilitando os reparos e a manutenção, reduzindo a geração de resíduos de alvenaria.
Outro destaque do CD Verde diz respeito ao material utilizado no uniforme dos colaboradores: produzidos com tecido ecológico, confeccionado a partir de garrafas PET recicladas. Toda a frota e os geradores usam biodiesel como forma de reduzir a poluição ambiental.

Se cada um fizer sua parte, mesmo que seja pouco, juntos chegaremos lá.

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Não carregue esse hábito

Quem nunca viu pessoas saindo de supermercados com o carrinho de compras lotado de mercadorias embaladas em “sacolinhas” plásticas?! As famosas “Sacolinhas” são também uma das formas mais comuns de acondicionamento dos resíduos doméstico e, através da sua decoração com os símbolos das marcas, constituem uma forma barata de publicidade para as lojas que os distribuem.
Só que essa prática é nociva ao meio ambiente, por dois motivos essenciais: a natureza não biodegradável do plástico com que são produzidos e o descarte indevido. Além disso, a manufatura do polietileno faz-se a partir de combustíveis fósseis e acarreta a emissão de gases poluentes.
Segue alguns dados de acordo com o Ministério do Meio Ambiente:

 1,5 milhão de sacolas plásticas são usadas por hora no país.
 Em um mês, mais de um bilhão de sacos plásticos são distribuídos nos supermercados do Brasil.
 Uma família brasileira de quatro pessoas, de classe média usa mil sacolas por ano.
 A Indústria de Embalagens Plásticas Flexíveis produz cerca de 15 bilhões de sacolinhas por ano.
 No mundo, são descartadas 1 milhão de sacolas por minuto.
 E apenas 15% dos sacos plásticos são reciclados.

Assustou???

De acordo com a pedagoga, especialista em Meio Ambiente e fundadora da Ong “5 Elementos”, Patrícia Otero, o plástico demora mais de cem anos para se decompor. Como resultado desse tempo, existe no Oceano Pacífico uma enorme ilha flutuante formada por cem milhões de toneladas de plástico de todos os tipos. São pedaços de redes, sacolas, garrafas, tampas, bolas, bonecas e tudo que é feito com plástico. Essa “entidade viva”, como ela mesma define, com mil quilômetros de extensão e dez metros de profundidade, se movimenta livremente pelo Pacífico, matando mais de um milhão de aves marinhas, tartarugas, tubarões e centenas de espécies de peixes por ano.
Mesmo diante desse cenário desastroso, as sacolas plásticas ainda são a primeira opção dos brasileiros na hora de sair às compras. Sendo assim, seria possível mudar esse hábito para reverter essa situação?
Algumas cidades estão criando ações para combater o plástico e incentivando o uso de métodos alternativos como as sacolas ecológicas, que representam uma alternativa menos agressiva ao meio ambiente, pois podem ser reutilizadas e reduzem o consumo das sacolas plásticas.
A rede Carrefour Brasil anunciou oficialmente no dia 15/04/10 a intenção de eliminar até 2014, de forma gradual, o uso de sacolas plásticas tradicionais em suas lojas. Uma loja em Piracicaba, no interior de São Paulo, foi à primeira do Carrefour a aderir à iniciativa. Segundo a empresa, para estimular a troca das embalagens tradicionais na unidade de Piracicaba, serão distribuídas gratuitamente até o final deste mês sacolas retornáveis.
O Carrefour informou ainda que colocará à venda nas lojas outras opções de embalagens sustentáveis. Entre elas, a rede destaca uma sacola 100% biodegradável, desenvolvida em parceria com a Basf, produzida com base em uma resina especial derivada do milho, que pode se decompor em até 180 dias. Outras alternativas serão as sacolas retornáveis, com preços entre R$ 1,90 e R$ 15,00, além do oferecimento de caixas de papelão aos clientes da rede.
A ação do Carrefour de eliminação da utilização de sacolas plásticas tradicionais é realizada também na França, na China e na Polônia.

E você vai continuar dando a preferência para as famosas “sacolinhas” plásticas?
Abra a mente e amplie a consciência para mudar atitudes.

terça-feira, 27 de abril de 2010

"O mundo dá voltas"

Achei legal esse vídeo sobre sustentabilidade feito pelo “Sesi”.

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Como salvar o planeta terra?!

Muitas pessoas pensam que apenas grandes empresas são responsáveis em promover a “sustentabilidade”, ter atitudes sustentáveis. Algumas até questionam o que fazer para contribuir, inclusive recebo algumas criticas do tipo “ ah! isso não leva em nada, somos pequenos demais...”
Bom! Aproveitando que ontem foi o dia internacional da terra, eu pesquisei e listei algumas Dicas práticas de como nós, mesmo “pequenos” podemos contribuir.

Segue algumas:
- Veja se no rótulo do produto ou na embalagem, se é feito com material reciclado e/ou é reciclável;
- Não queime lixo doméstico (plásticos,isopor, restos orgânicos). Os gases emitidos poluem a atmosfera causando doenças, efeito estufa.
- Se os produtos forem feitos de madeira (ex: lápis, prendedores de roupa, etc) verifique se são fabricados com madeira extraída de reflorestamento;
- Evite comprar e usar pratos, talheres e copos descartáveis. Quando for inevitável, opte pelos feitos de papelão, que levam menos tempo para se biodegradarem;
- Procure comprar produtos concentrados, ou que sejam oferecidos em embalagem maior (papel higiênico, biscoitos, refrigerantes,...) pois assim você estará deixando de jogar fora várias embalagens;
- Evite hortaliças cultivadas com agrotóxicos. Hoje existem opções de produtos orgânicos. Eles não envenenam o solo e os lençóis freáticos e, principalmente, não contribuem para que sua família venha a ter alguma doença grave no futuro;
- Plante árvores e cuide das que já existem.
- Separe seu lixo, latas, vidros, papéis e plásticos podem ser reciclados e reaproveitados.
- Restos de comida podem virar adubo (compostagem).
- Seja responsável pelo seu lixo!
- Não jogue lixo na rua;
- Abra a mente e amplie a consciência para mudar atitudes.

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Dia Mundial da Terra


Para quem não sabe hoje 22/04/2010 é o dia mundial da terra, um ótimo momento para refletimos. Eu não podia deixar de postar.
O Dia da Terra foi criado em 1970 quando o Senador norte-americano Gaylord Nelson convocou o primeiro protesto nacional contra a poluição. Em 22 de abril de 1990 outros países passaram a celebrar a data também.
Na verdade, a data serve para lembrar de acordar os sentidos, abrir a mente e ampliar a consciência para mudar atitudes.
Bom! Não basta só pensar a sustentabilidade, é preciso disseminar a idéia para que passe a existir a ação.

No minimo curioso - "Los peatones iluminan"

Públicado no El mundo.es do dia 19/04/10 < http://www.elmundo.es/elmundo > um altitude sustentável interessante e no minimo curiosa – “Los peatones iluminan las calles de Toulouse”.

" No es ninguna utopía ", afirma o responsável pela iluminação na Prefeitura de Toulouse, Alexandre Marciel. Em sua região, os cidadãos não apenas caminham, mas seus passos geram energia suficiente para iluminar a rua.
Para quem não conhece Toulouse é a capital e a maior cidade do departamento da Alta Garona e a quarta maior cidade da França. Situa-se no sul do país, nas margens do rio Garona. A região urbana tem cerca de 1 120 000 habitantes. Faz parte da França desde 1271. É também a capital européia da aeronáutica e das indústrias espaciais, e parece encaminhada para liderar a produção de energias limpas.
Bom! Vamos lá! De acordo com Marciel, o desperdício energético assolava a cidade, daí partiu a idéia de praticar várias iniciativas. – “Nos dimos cuenta hace tiempo del derroche energético del que adolecía nuestra ciudad”.
O seu último projeto, ainda em período de testes, é a utilização da energia cinética gerada pelos passos dos transeuntes para a iluminação pública. Para o funcionário da prefeitura, trata-se de uma revolução intelectual: "caminhar é associado normalmente ao uso de energia, e agora também é possível produzi-la".
Para criar eletricidade a partir do movimento, valem-se de um princípio básico na eletricidade: a indução magnética. Um ímã que se move no interior de uma bobina cilíndrica de fio de cobre provoca a aparição, na espiral cúprica, de um fluxo de corrente de elétrons. O movimento das pessoas andando faz com que um ímã se desloque no centro de uma bobina, e gere eletricidade. A corrente se transporta a uma bateria conectada à lâmpada. Assim, o pedestre gera energia para a lâmpada mais próxima. O emprego dessa energia pode resultar em várias estratégias. Uma das possibilidades é a eletricidade produzida durante o dia ser armazenada e utilizada na iluminação noturna. Porém ainda existem algumas restrições, como por exemplo, o armazenamento dessa eletricidade. De acordo com Marciel, "o problema é o armazenamento, porque seriam necessárias baterias enormes para acumular tanta eletricidade". Esta alternativa complementa também outro sistema de economia de energia praticado em Toulouse desde o ano passado. As lâmpadas possuem um detector de calor e graduam a intensidade lumínica em função da presença de pedestres. Cada lâmpada utiliza 30 W continuamente e mais 30 W que dependem de alguém estar passando por aquele ponto. A diferença deste detector para outros modelos de radar, segundo Marciel, é que "o radar detecta o movimento tanto dos carros como de pedestres na calçada, enquanto o nosso sistema só reage ao calor humano".
Fico aqui na torcida para que essa iniciativa tenha sucesso.
Se cada um fizer sua parte, mesmo que seja pouco, juntos chegaremos lá.

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Tome Nota: Economia Verde


O Modelo de gestão que equilibra as dimensões econômica, social e ambiental tem como uma de suas conseqüências a geração de empregos sustentáveis no mundo. Em virtude dos efeitos climáticos e pela própria necessidade de sobrevivência da humanidade com bases ecologicamente mais corretas, na busca da eficiência energética, tecnologias mais inovadoras e pela busca constante da excelência da melhoria de qualidade de vida das populações.
Diante dessa realidade algumas ações começam a surgir como algumas que já postei, mais um exemplo de ações do “mercado verde” é o 1º Concurso de Ideias e Projetos “Economia Verde, lançado no último dia 15 de março, durante o 1º Seminário Economia Verde, realizado em São Paulo. De iniciativa da Agência de Fomento Paulista e Nossa Caixa Desenvolvimento, para incentivar o desenvolvimento sustentável do Estado de São Paulo.
De acordo com o presidente da Agência de Fomento Paulista, Dr. Milton Luiz de Melo Santos, “o lançamento do Concurso de Idéias vai ao encontro do compromisso da Agência de Fomento Paulista com o desenvolvimento socioeconômico, de maneira sustentável. Foi Lançada a Linha Economia Verde para financiar as empresas que tem projetos de redução de emissão dos gases de efeito estufa, mas é preciso também reconhecer as idéias e os projetos para que sejam implementados na prática e com benefícios para toda a sociedade”.
Para participar do concurso, os projetos precisam ter potencial de redução de emissões de gases de efeito estufa (GEE) por não-emissão ou pela compensação das emissões, ou ainda ter potencial de geração de empregos verdes, incluindo a criação de empregos permanentes ou temporários, a qualificação de profissionais e a geração de renda. Os vencedores do concurso receberão prêmios em dinheiro.

Quem tiver interesse em detalhes do concurso segue o link do edital: http://www.seminarioeconomiaverde.com.br/downloads/edital.pdf


Se cada um fizer sua parte, mesmo que seja pouco, juntos chegaremos lá.

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Ser Sustentável é...

Ser sustentável é ter um modelo de gestão que equilibra as dimensões econômica, social e ambiental. Seguindo essa “premissa” o Grupo Algar criou em 2002 o Instituto Algar com o objetivo de valorizar o potencial humano.
O Instituto Algar é responsável por coordenar programas sociais com foco no ensino fundamental e envolve crianças, educadores e a comunidade. São 3 programas sociais que juntos chegam a 10 cidades, 4 estados, 100 escolas, 6 mil alunos e 433 educadores.De acordo com Ana Flávia Martins, Coordenadora Executiva do Instituto Algar, Os programas sociais contam com a participação voluntária de 478 associados do Grupo Algar, que junto com o Instituto Algar realizam atividades voltadas para a melhoria da educação e o desenvolvimento da leitura e da escrita.Além dos programas sociais, o Instituto Algar também promove conhecimento com o debate sobre a educação em seminários e fóruns de discussão.
Um desses programas é o Algar transforma que é focado na educação integral, o promovendo oficinas de educação ambiental, arte e música. O público são alunos de 7 a 14 anos matriculados em escolas públicas de Uberlândia-MG. Com as atividades, as crianças ampliam suas oportunidades educativas e a visão de mundo e usam o computador e a internet para aprender mais e melhor.
Quem tiver interesse em conhecer melhor outros projetos ou até mesmo ser um voluntário como eu , segue o link do site do Instituto.
http://www.institutoalgar.org.br/default.aspx
Se cada um fizer sua parte, mesmo que seja pouco, juntos chegaremos lá.

domingo, 11 de abril de 2010

"Vista essa idéia"

A Nike também é um exemplo da "Nova tendência" de comportamento das empresas.
Foi apresentada a nova camisa 1 da Seleção Brasileira, amarela que de acordo com Tiago Pinto, diretor de marketing da multinacional “A camisa amarela da seleção é o maior ícone do mundo no futebol e merece atenção especial". A nova camiseta é feita de poliéster reciclado, a partir de garrafas Pet. Segundo a multinacional, ao usar esse poliéster para a linha de camisas dos times que disputarão a Copa 2010, a Nike vai evitar que cerca de 13 milhões de garrafas plásticas fossem enterradas em lixões ou aterros sanitários (infelizmente aqui no Brasil não é bem assim, elas vão para o fundo dos rios, para as ruas e etc...) . Oito seleções utilizarão o uniforme no Mundial: Holanda, Portugal, Estados Unidos, Coréia do Sul, Austrália, Nova Zelândia, Sérvia e Eslovênia.
A ação faz parte de uma filosofia da marca chamada “Considered Design”. Em sua essência, o conceito significa a redução ou eliminação de produtos tóxicos e resíduos, aumentando o uso de materiais ecológicos na produção, com a criação de produtos mais sustentáveis.
Não é apenas a Nike que fabrica essas camisetas, tem vários sites de venda de camisetas personalizadas feitas com Fibra de garrafa PET, são confortáveis como qualquer outra.
Vai uma dica: http://www.camisetafeitadepet.com.br/

Produtos Sustentáveis

As transformações sócio-econômicas dos últimos 20 anos têm afetado profundamente o comportamento de empresas até então acostumadas à pura e exclusiva maximização do lucro.
A Responsabilidade Social Empresarial vem exercendo um forte e crescente impacto em todas as corporações, pois com o surgimento de novas demandas e maior pressão por transparência nos negócios, empresas se vêem forçadas a adotar uma postura mais responsável em suas ações.
Um exemplo bacana de responsabilidade Social Empresarial é o da empresa “Coral” que criou uma linha de tintas que levam garrafas PET (cerca de 400 anos para decomposição) na composição, contribuindo para reduzir o problema do descarte inadequado do material.
De acordo com informações da empresa, nos últimos 4 anos, cerca de 56 milhões de garrafas PET foram utilizadas na produção de tintas.

Se cada um fizer sua parte, mesmo que seja pouco, juntos chegaremos lá.

segunda-feira, 15 de março de 2010

Noticia boa para os Mineiros!!!

Foi publicado no dia 11/03/10 no Jornal o Debate (http://www.odebate.com.br/), que o governador Aécio Neves assinou convênio para a distribuição de equipamentos de baixo consumo de energia, como aquecedores solares, recuperadores de calor, lâmpadas fluorescentes, chuveiros e geladeiras.
Essas doações fazem parte do projeto “Energia do Bem”, ação desenvolvida pelo Governo de Minas, por meio da secretaria de desenvolvimento social, companhia energética de Minas Gerais (Cemig) e Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas).De acordo com a publicação os beneficiados por este projeto são instituições para idosos, creches, abrigos, albergues, casas de passagem, casas lares, centros de recuperação de dependentes químicos e Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes).
Os recursos fazem parte do programa Eficiência Energética da Cemig. Os equipamentos serão doados e instalados gratuitamente, sem qualquer tipo de ônus financeiro para a entidade beneficiada.

domingo, 14 de março de 2010

Ativistas tiram a roupa na Espanha em protesto contra as touradas

Esse foi o fim de semana dos “peladões”. Bom! Nada contra se for por uma boa causa. Nesse domingo, ativistas de organização pelo direito dos animais tiram a roupa e simulam sangue com tinta velha para pedir fim das touradas organizadas durante o festival de Fallas, em Valência, na Espanha. A tourada é um espetáculo tradicional de Portugal, Espanha e França, bem como de alguns países da América Latina: México, Colômbia, Peru, Venezuela e Guatemala. O essencial do espetáculo consiste na lide de touros bravos através de técnicas conhecidas como arte tauromáquica.Grupos de defesa dos direitos animais criticam a prática da tourada, pois consideram um ato de crueldade sem justificação que não se insere dentro das tradições humanistas. Bom! Tem gente que acha isso um espetáculo, que isso é cultura. Porém muitos esquecem que se trata de vida. Lembrando que, os requisitos básicos para ser sustentável é ser ecologicamente correto, economicamente viável, socialmente justo e culturalmente aceito.





sábado, 13 de março de 2010

Atitudes inusitadas

Vale de tudo!!! O importante é fazer barulho!!!!
Ciclistas peruanos participaram, neste sábado, de um passeio nudista em defesa da preservação do meio ambiente e para promover a bicicleta como meio de transporte alternativo.
O passeio ciclístico, celebrado em uma avenida do centro de Lima e acompanhado pela polícia, visou sensibilizar a população sobre as vantagens da bicicleta. Os ciclistas pediram às autoridades da capital que instalem mais ciclovias em uma cidade de oito milhões de habitantes e com altos índices de contaminação ambiental. Além disso, exigem mais rigor com os motoristas que não os respeitam.
Aproveitando!! Para quem não sabe as bicicletas:
· Produz pouquíssimo ruído, e não emite gases;
· Oportuniza a atividade física necessária para a saúde e o bem-estar geral da pessoa;
· Andar de bicicleta meia hora por dia aumenta o metabolismo em oito calorias ao minuto, consumindo onze quilos de gordura por ano;
· É facilmente reparável, quase sempre pelo próprio usuário;
· Sua fabricação consome pouca energia e matéria-prima.

Depois de todas essas vantagens entre outras vamos andar de bike. Ah!! E não é necessário sair andando por ai de bicleta pelado rsrs....

sexta-feira, 12 de março de 2010

Afinal, o que é sustentabilidade??


Já posso garantir que essa é uma palavra que mais se ouve e se lê atualmente, seja na área de economia, administração, direito, na engenharia e por ai vai....Então vamos lá, sustentabilidade é um conceito sistêmico relacionado com a continuidade dos aspectos econômicos, culturais, sociais e ambientais, ou seja, não se trata apenas do ecológico, mas sim da integração e harmonia do social, econômico e ecológico.Sendo assim, sustentabilidade significa suprir as necessidades do presente sem afetar as gerações futuras. Bom! Resta saber se estamos realmente nos preocupando com as gerações futuras.É no mínimo curioso, quem já não ouviu a famosa frase “ não importo mesmo, não vou estar aqui mesmo”. Quer maior ignorância que essa??!!! Então vai um exemplo, uma vez escutei um colega de turma contar que um vizinho de apartamento deixava a torneira aberta o dia todo so porque a conta de água do prédio era um valor fixo e ele achava injusto. Sem comentários....Voltando ao conceito, podemos resumir da seguinte forma:Para ser sustentável temos que atender quatro requisitos básicos.Ser ecologicamente correto, economicamente viável, socialmente justo e culturalmente aceito.E você ai na sua casa, rua, bairro atende algum desses requisitos? Se não já pode começar agora, pois o desafio é enormeeeee e envolve várias gerações, se você não estiver aqui, seus filhos, netos e por ai vai sentirão na pele. Então se liga!!! E vamo que vamos....